História

  • Santa Rita Cássia é italiana e viveu no século XV. Casada muito jovem contra sua própria vontade, viveu um matrimonio espinhoso, todavia experimentou a graça de Deus ao converter seu marido Paulo Ferdinando que a fizera passar por muito sofrimento nos anos em que viveram juntos, relação esta que deu a Rita dois filhos que juraram vingar a morte do pai que ocorrera após sua conversão. No desejo de não ver seus filhos assassinos é que Rita pede a Deus que leve seus filhos, pedido este que é atendido pouco tempo depois a partir de uma praga que afetara a região de Roca Porena, cidade onde Rita viveu.

    Após a morte dos filhos, Rita entra no convento agostiniano a partir de um milagre ocorrido segundo a tradição pela intercessão de São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolau de Tolentino. A vida no convento não foi fácil tanto em termos de convivência como na saúde, pois de forma miraculosa Rita é atingida com um estigma em sua fronte, uma forma encontrada para compartilhar com o Cristo os sofrimentos da Paixão. O estigma perdurou por 15 anos e manteve Rita isolada de todos, pois exalava um mau odor.

  • Aos 22 de maio de 1457 o Senhor chama para as bodas eternas aquela que ficaria conhecida como a santa das causas impossíveis. Nesse dia o mau odor que exalava da ferida transformou-se em um delicioso aroma de rosas.

  • O Santuário em Santa Rita do Sapucaí é a matriz da Paróquia dedicada a Santa Rita que foi instalada entre os anos de 1835 e 1840 sendo o primerio pároco o padre Atanásio Rodrigues.

  • O povoado que surge em torno da capela de santa Rita e conseqüente paróquia torna-se cidade no ano de 1892

  • Santa Rita de Cássia foi canonizada.

  • Muitos padres passaram por essa Paróquia que foi crescendo paulatinamente, mas o aceleramento da Paróquia se deu a partir da segunda metade do século XX quando duas pessoas se encontram em Santa Rita do Sapucaí, trata-se de Luzia Reno Moreira e Padre José Carneiro Pinto que reside aqui desde 1953 até os dias atuais.

  • Luzia Reno é conhecida pelo carinhoso nome de Sinhá Moreira e foi a fundadora da Escola Técnica de Eletrônica e contribuiu com obras sociais na Paróquia. Junto com Sinhá Moreira, monsenhor carneiro realizou a primeira festa de santa Rita no ano de 1957 quando se completaram cinco séculos da morte de santa Rita de cássia e na ocasião a cidade ganhou a imagem fac simili do corpo da padroeira em uma urna tal qual está o corpo intacto da santa na Itália.

  • Devido a grande visitação de fieis de diversas cidades do Brasil e como registrado algumas vezes de fora do país a Santa Sé concedeu a Igreja matriz a dignidade de Santuário Arquidiocesano cuja instalação ocorreu em 1 de maio de 2009 em cerimônia presidida pelo então arcebispo metropolitano de pouso alegre Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, hoje arcebispo emérito na mesma arquidiocese e concelebrada pelo então pároco Cônego Vonilton Augusto Ferreira, Monsenhor José carneiro, Padre João Luiz Ferreira Peçanha e Padre Elton Candido à época exercendo seu diaconato na Paróquia.

    Atualmente é o reitor do santuário o cônego Bendito Ramon Pinto Ferreira e é acompanhado pelo vigário paroquial Padre Alexandre Acácio nogueira e dois padres da Companhia de Jesus (Jesuítas) Padre João Roberson e Padre Kiyti Kona. Milhares de fieis visitam o santuário durante o ano, sobretudo no dia 22 de cada mês quando se celebra um dia dedicado à Padroeira e a visitação é ainda maior no dia 22 de maio.


Santa Rita Santa Rita Santa Rita

MISSA AO VIVO

PRÓXIMA MISSA COMEÇA EM:

00:00:00