Pregações

Mini-Sermão ( 25/08/2017)

em 25 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

A vida cristã tem duas dimensões, como as hastes da cruz: a vertical une a terra e o céu e a horizontal nos une aos irmãos. O "Pai Nosso" que Jesus nos ensinou, tem também estas duas dimensões: o Pai é nosso e está no céu, mas o pão também é nosso e a gente precisa repartir com o irmão, porque o Pai e o pão não são meus, são nossos. Viver a dimensão da cruz é mais do que levar uma imagem, um símbolo no peito; é ter peito para viver esta vida íntegra e integrada. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo esta comunhão de amor vertical e horizontal. (Mt 22,34-40?) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini- Sermão (24/08/2017)

em 24 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

O veneno da ironia pode ser curado pelo antídoto de um elogio. Você não precisa ser mau com os maus. Faça o bem sem olhar a quem. E naquele dia, quando disseram para Natanael que haviam encontrado o Messias e que é o nome dele era Jesus, nascido em Nazaré, o homem veio com ironia: "Mas pode vir alguma coisa boa de Nazaré?" Jesus ouviu a ironia de Natanael e profetizou: "Eu te conheço, você é um homem verdadeiro, uma pessoa autêntica, fala o que pensa." O elogio de Jesus transformou o irônico Natanael num santo, em São Bartolomeu. Trate o mal com o bem. (Jo 1,45-51) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini- Sermão 23/08/2017

em 23 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho,scj

Os maiores tesouros costumam estar escondidos bem perto de nós, no coração das pessoas. Supere os preconceitos. Jesus disse que, se a gente soubesse que naquele campo há um tesouro enterrado, gastaríamos todo o dinheiro que tivéssemos, para comprar o campo, porque o tesouro valeria bem mais. Mas e se soubéssemos que o tesouro, o bem mais precioso, não está enterrado no terreno, mas no coração das pessoas. Então é preciso amar, é preciso abraçar, é preciso se encontrar com as pessoas, sabendo que ali dentro está o tesouro e o tesouro não é dinheiro, não é ouro, não é prata; o tesouro é o Espírito Santo, é Deus que habita no coração das pessoas. (Mt 13,44-46?) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini-Sermão ( 22/08/2017)

em 22 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Quando rezamos a "Salve Rainha" reconhecemos com intimidade que a mãe de Deus é também nossa mãe. Somos reis! Somos os filhos da rainha e ela é rainha porque é mãe do Rei. Na terra, os reis tem a sua realeza proveniente da rainha, sua mãe. Maria e o contrário, ela é rainha porque o filho dela é rei e ela recebeu a sua realeza pelo serviço, porque no reino de Jesus, reinar é servir. Ele é O Servo dos servos, por isso é o Rei dos rei, o Senhor dos senhores. Quando a gente diz: "Salve rainha! Mãe de misericórdia!" Reconhecemos a intimidade da serva que se tornou rainha. (Lc 1,26-38) Pe. Joãozinho,scj.

Leia mais →

Mini-Sermão (18/08/2017)

em 18 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho,scj

Existem casamentos que nunca existiram diante de Deus porque a união foi ilegítima; faltou algum elemento essencial para o vínculo ser válido. A Igreja Católica não aceita o divórcio, ela segue o ensinamento de Jesus: "O que Deus uniu, o homem não separe!" Mas a Igreja Católica reconhece que, em alguns casos, não houve vínculo, não houve casamento válido porque faltou algum elemento essencial, por exemplo: a liberdade, para dizer sim; ou a falsidade no coração que disse sim, quando queria dizer não e o sacerdote perguntou: "Promete ser fiel?" E ele disse "Sim!" Mas na verdade já premeditava em dizer não. "Aceitam receber os filhos?" Ela disse sim, mas não queria ter filhos. São vários casos em que o vínculo não existiu. (Mt 19,3-12?) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini-Sermão (17/08/2017)

em 17 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho,scj

Na contabilidade da vida não podemos colocar limites mesquinhos na quantidade de amor e de perdão; o amor é mais que soma; é multiplicação. Desde o princípio, quando Deus criou o homem e a mulher, Ele deu uma ordem: "Crescei e multiplicai-vos!" Deus é amor e vive na dinâmica da multiplicação: Pai, Filho e Espírito Santo, três pessoas, um só Deus, porque o amor multiplica um vezes um vezes um igual a um, é a unidade na pluralidade; o amor diversifica, multiplica e unifica. Amar é multiplicar, multiplicar o perdão. Por isso, quando Pedro perguntou quantas vezes devemos perdoar, Jesus disse: "Não sete vezes, mas setenta vezes sete!" (Mt 18,21-19,1) Pe. Joãozinho, Scj

Leia mais →

Mini- Sermão (16/08/2017)

em 16 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Oração pessoal é importante; mas oração comunitária é fundamental. Acredite na imensa força de rezar com alguém. Nós rezamos muito pelas pessoas, rezamos por alguém e isso é muito importante, que a esposa reze pelo seu marido e o marido reze pela sua esposa, mas quando os dois juntos rezam pelos seus filhos, esta família é transformada pela força da oração. Mesmo que seja uma oração simples, um Pai Nosso antes da refeição, quando rezamos juntos permanecemos unidos, porque a oração comunitária modifica a nossa forma de existir. Quando dois ou mais se reunem para rezar, o próprio Jesus está no meio deles. (Mt 18,15-20) Pe. Joãozinho, Scj.

Leia mais →

Mini-Sermão(14/08/2017)

em 14 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho, scj

Existe uma santidade política que passa por ser honesto num mundo corrupto. O erro do outro não justifica o meu. Alguém poderia dizer: " Vivemos numa sociedade do jeitinho, da corrupção; todo mundo rouba! Vou roubar também!" Ou então poderíamos dizer: "O que adianta eu pagar os meus impostos, segundo a lei, se depois vão ser utilizados por estes políticos que desviam milhões?" E então eu dou um jeito de não pagar os meus impostos. Jesus nos disse: "Pague os seus impostos de acordo com a lei." Podemos questionar se esses impostos são corretos, mas devemos cumprir a lei. Existe uma santidade política. (Mt 17,22-27) Pe. Joãozinho, sc

Leia mais →

Mini-Sermão (11/08/2017)

em 11 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho,scj

O amor é uma força vital que, como toda energia, depende de dois polos: o positivo da luz e o negativo da cruz. O amor verdadeiro precisa da dor, porque amar dói. O amor não é uma linguagem, não é simplesmente uma paixão; o amor é uma força de doação, é uma energia que nos equilibra, nos integra, nós somos feitos de amor porque Deus é amor. Jesus disse que se alguém quer amar, deve dar a sua vida; se alguém não aceita a cruz, não terá a luz. Se alguém quer ganhar o mundo, deve aceitar perder a sua vida. Esta dinâmica, aparentemente contraditória, positiva e negativa, faz acender a luz do amor. (Mt 16,24-28) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini- Sermão (10/08/2017)

em 10 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Os apegos costumam ser fórmulas perfeitas para o fracasso; pessoas bem sucedidas não são apegadas ao sucesso. Veja o exemplo dos mártires, gente que não se apegou nem mesmo a sua vida e encontraram a forma do seguimento perfeito a Jesus. Jesus que não se apegou a sua vida, mas entregou-se. Quem quer ser perfeito, deve viver esta dinâmica do amor que não se apega; do amor que vive na liberdade total; do amor que não fecha as mãos, não fecha os ouvidos, não fecha o coração, não fecha a sua mente. Quer entender as coisas numa dimensão mais profunda? Abra a sua mente às novas compreensões. Quem se apega ao que já sabe, não vai saber nada mais. (Jo 12,24-26) Pe. Joãozinho, Scj.

Leia mais →

Mini- Sermão (08/08/2017)

em 08 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

A síndrome do pânico surge quando sentimos medo do medo; dê ordens ao medo e o pânico desaparecerá. Naquele dia, Pedro viu Jesus vindo sobre as águas do mar e ele disse: "Senhor, se és tu, ordene que eu vá até a Tua presença." E Jesus disse: "Vem!" E Pedro não teve dúvidas, começou a andar sobre o mar sem nenhum problema, até que olhou para baixo e tomou consciência de suas inseguranças e então teve medo de ter medo e afundou. É preciso determinar ao medo, que ele desapareça. Se nos curvamos diante do medo, ele provoca medo do medo e isto é pânico e então vem a síndrome do pânico. (Mt 14,22-36) Pe. Joãozinho, Scj

Leia mais →

mini sermão (06/08/2017

em 07 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Tudo pode ser reciclado; uma vida simples e sóbria passa pelo uso racional dos recursos naturais. Um detalhe chama a atenção no milagre da multiplicação dos pães: depois que todos comeram e estavam saciados, foram recolhidas as sobras, em doze cestos, não se jogou nada fora, houve um uso sustentável daquele pão do milagre. Hoje precisamos repetir isso, reciclando tudo, até mesmo o que sobra pode ser reciclado e pode ser usado de maneira racional. A santidade passa pela sobriedade, pela simplicidade, pela sustentabilidade. (Mt 14,13-21) Pe. Joãozinho, Scj.

Leia mais →

Mini-Sermão(05/08/2017)

em 05 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho, scp

Pense duas vezes antes de falar. A palavra precipitada é como pedra jogada para o alto que cairá sobre sua própria cabeça. Lembre-se da pressa com que Herodes prometeu um presente, metade de seu reino, para aquela bela dançarina e ela pediu a cabeça de João Batista. E o nome de Herodes ficou escrito na história da humanidade como o tolo que falou rápido demais e colheu lágrimas, sangue, sofrimento, a morte de um dos maiores profetas da humanidade. Uma morte banal. Quantas vezes falamos rápido demais, nos precipitamos em dizer aquela palavra e não há mais como recolher. Por isso, é bom pensar antes de falar. (Mt 14,1-12) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini-Sermão (04/08/2017)

em 04 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Seja onde você está e ame o mais próximo; o presente é o maior presente de Deus. Às vezes, nós colocamos o nosso coração em sintonia com aqueles que estão muito distantes, ficamos até emocionados com tragédias que acontecem do outro lado do mundo e nem sempre percebemos a lágrima que rola no rosto do irmão que está aqui do meu lado, próximo. É preciso viver esta proximidade de maneira intensa. Jesus não conseguiu fazer muitos milagres na sua terra e chegou a dizer: " Um profeta só não é bem acolhido na sua terra!" Acolher quem está próximo é a fonte de muitos milagres. (Mt 13,54-58) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

Mini-Sermão 03/08/2017

em 03 de agosto de 2017 por Pe Joaozinho,scj

O bom mestre é aquele que nunca deixou de ser aprendiz; só ensina quem está disposto a aprender. Aliás, certa ocasião, um ex-aluno me disse que ele entendeu, realmente, minhas lições quando se tornou professor; teve dificuldade de aprender enquanto era aluno, porque a gente só aprende mesmo, quando ensina e só ensina mesmo, quando está disposto a aprender, porque a melhor forma de aprender é ensinar. Quando nós nos tornamos discípulos da vida, discípulos do Reino, então sim, somos verdadeiramente mestres. (Mt 13,47-53) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

mini sermão (02/08/2017

em 02 de agosto de 2017 por Pe Joãozinho,scj

Existem tesouros escondidos ao alcance de nossas mãos. Apenas os sábios enxergam o luxo no lixo e o nobre no pobre. Se soubéssemos que naquele terreno está escondido um grande tesouro, utilizaríamos todas as nossas economias para comprar o terreno, sabendo que ali dentro esconde-se um tesouro. Mas às vezes, nós não conseguimos enxergar estas coisas escondidas, porque somos escravos da aparência e não enxergamos que na presença daquele irmão empobrecido, faminto, doente, envelhecido, cheio de deficiências, daquele irmão que não é simpático, ali se esconde o maior tesouro: a presença de Deus. (Mt 13,44-46) Pe. Joãozinho, scj.

Leia mais →

MISSA AO VIVO

PRÓXIMA MISSA COMEÇA EM:

00:00:00